Dentistas pedem retirada de campanha do TSE


O Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CROSP) encaminhou solicitação ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para que retire do ar programa institucional que visa conscientizar o eleitor sobre a importância do voto.

O programa, de 30 segundo, veiculado em todas as redes de televisão do país retrata um falso dentista que aplica, em vez de anestesia, substância que faz o paciente ter amnésia durante quatro anos.

De acordo com a assessoria do conselho, a peça publicitária “retrata de maneira inadequada e ofensiva o cirurgião-dentista” e podem afugentar os pacientes na busca de um profissional para os cuidados da saúde bucal. “Ao estigmatizar a figura do cirurgião-dentista como um profissional que provoca medo aos pacientes, a propaganda desestimula a busca dessas ações”, diz trecho da nota, “especialmente para a população infantil”.

Leia nota à imprensa do Conselho:

“Caro colega cirurgião-dentista:

Conforme informamos em e-mail anterior, o Conselho Regional de Odontologia de São Paulo, autarquia federal representativa dos 75 mil cirurgiões-dentistas do Estado de São Paulo, solicitou ao Presidente do Tribunal Superior Eleitoral, a adoção de providências para retirar o comercial publicitário veiculado em rádio e televisão, da campanha de esclarecimento ao eleitor, onde se explora a imagem de um “falso cirurgião-dentista”. Clique aqui e leia o Ofício Pres. 2772/2010.

O CROSP manifestou a preocupação, em relação à referida peça publicitária, pois a mesma reforça uma visão deturpada de nossa categoria profissional, podendo induzir a população a crer que existam cirurgiões-dentistas atuando na ilegalidade. O CROSP tem sido incansável na apuração e na punição ao falso exercício profissional.

Defendemos que o Tribunal Superior Eleitoral realize campanha de esclarecimentos à população, orientando para que essa se informe antes de escolher os seus candidatos às eleições de 2010.

Entretanto, o exemplo escolhido pela agência publicitária retrata de maneira inadequada e ofensiva esta situação, comprometendo a educação da população, no que diz respeito à importância da prevenção e dos cuidados com saúde bucal. Ao estigmatizar a figura do cirurgião-dentista como um profissional que provoca medo aos pacientes, a propaganda desestimula a busca dessas ações, por parte da sociedade.

Solicitamos que o colega cirurgião-dentista também faça a sua parte, no apoio a mais esta luta do CROSP. Envie um e-mail para jurisprudencia@tse.gov.br, dirigido ao Egrégio Tribunal Superior Eleitoral, solicitando providências para a retirada da propaganda dessa Corte, com alusão a um falso cirurgião-dentista.

A sua participação é muito importante. Envie o seu e-mail e junte-se ao CROSP em nossa luta pela valorização e prestígio da Odontologia.”

“O interessante é que fazer humor que “ridicularize” os candidatos a cargos públicos durante o período de eleições é proibido. Já ridicularizar outros profissionais pode. Vai entender.

Da próxima vez, TSE, use os próprios políticos como mau exemplo. Faz muito mais sentido, e não será necessário usar o termo “falso” antes do nome do cargo.” (Blog Medo de Dentista)

Veja mais em: TSE e MPF fazem nova campanha para conscientizar eleitor

FONTE: CRO SP e Bonde

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s